WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
a

HomeEsportesFutebolRenato detona árbitro: ‘Stevie Wonder não precisaria do vídeo’

Renato detona árbitro: ‘Stevie Wonder não precisaria do vídeo’

Técnico do Grêmio reclamou especialmente de pênalti não marcado em Jael e da não utilização do VAR no jogo de ida da final da Libertadores

Apesar da vitória por 1 a 0 sobre o Lanús que deixou o Grêmio em vantagem na decisão da Copa Libertadores, o clube gaúcho deixou sua arena nesta quarta-feira revoltado com a arbitragem do chileno Júlio Bascuñan. O técnico Renato Gaúcho reclamou especialmente de um pênalti em Jael não assinalado, nos últimos segundos da partida.

O treinador ressaltou que não gosta de falar sobre a arbitragem, mas fez uma indagação à Conmebol sobre a utilização do árbitro assistente de vídeo (VAR), que estreou na semifinal do torneio. “A arbitragem, vou deixar para o nosso presidente, para a nossa diretoria. A única coisa que vou perguntar para Conmebol é o tal do vídeo. É inadmissível. O árbitro estava a três metros do lance. O Stevie Wonder não precisaria do vídeo para marcar aquele pênalti. A realidade é essa!”, esbravejou Renato, citando o cantor americano, que é cego.

“Se Conmebol colocou o vídeo e todos concordaram com isso, a pergunta que eu faço é: por que não foi usado o vídeo? Isso é o que quero saber, porque foi um pênalti legítimo e a gente poderia ampliar a nossa vantagem. Só essa pergunta e não vou mais falar de arbitragem porque não cabe a mim”, disse. Na semifinal, o árbitro de vídeo já causou controvérsia ao marcar um pênalti para o Lanús e ignorar um para o River.

Fonte Placar

Compartilhe:
Comente agora!

Comente esta matéria